Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Entrevista a Patch Adams

por Sérgio Cabral, em 31.05.08

Este é o primeiro vídeo da entrevista a feita a “Patch Adams” realizada pela estação televisiva brasileira TV Cultura em Setembro do ano passado. Ao todo são cerca de 10 vídeos que valem a pena serem vistos. “Patch Adams” tornou-se um médico conhecido em todo o mundo através de um filme, cujo título é o seu nome, que retrata a sua vida e o seu espírito revolucionário, interpretado brilhantemente pelo actor Robin Williams.
Vi o filme há cerca de um mês. Mostrei-o a 300 alunos. Um deles, de ar sério e convicto, disse-me ontem que a força da mensagem do “Patch” lhe tinha transformado a vida. Eis o “Patch” original, revolucionário e culto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:25
editado por Rui Luzes Cabral a 7/1/20 às 23:09


4 comentários

Imagem de perfil

De Manuel Alberto Pereira a 01.06.2008 às 14:45

Já tinha ouvido falar deste tipo de terapia, mas desconhecia o Patch Adams. Da entrevista, saliento as afirmações que ele faz acerca da importância da amizade e da boa disposição para ajudar a cura.

Sem ser especialista na matéria, eu diria que é muito importante no caso das doenças de foro psiquiátrico, mas certamente não é suficiente para o combate de todas as doenças.
Imagem de perfil

De Sérgio Cabral a 01.06.2008 às 21:51

É importante em todas as doenças, especialmente nas de foro psíquico, evidentemente. É que o ser humano não é apenas uma máquina biológica; é um SER biológico que se projecta para o teleológico. Tem sentimentos, emoções, sonhos, uma história, uma identidade, é capaz da abstracção, da criação, de discernir entre o bem e o mal...
Portanto é necessário que nos hospitais esta dimensão seja mais contemplada no tratamento de qualquer doença. Um sorriso, um olhar, uma palavra de ânimo e esperança é muito reconfortante e encorajador para o combate da doença.
Imagem de perfil

De Rui Luzes Cabral a 02.06.2008 às 18:01

Este não anda cá, de certo, por ver andar os outros. Pensa pela sua cabeça e, ainda por cima, parece-me pensar bem pois existem aqueles que pensando pela sua cabeça, pensam mal.

Fazem falta mais Patch Adams por aí...
Imagem de perfil

De António Silva a 03.06.2008 às 00:53

Estou maravilhado!
Afinal há americanos com quem concordo! Trata-se de um homem para além da carneirada.... está para além do tempo, um sonhador praticante. Diz ele, que preciosamos mais que comida e amigos! Pois! Precisamos da partilha e da esperança

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.