Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

lavoura

Este blog é um espaço de debate e partilha de opiniões. Não te esqueças que o sustento do Homem provém da lavoura. Lança a semente, cultiva-a, ela te saciará...

lavoura

Este blog é um espaço de debate e partilha de opiniões. Não te esqueças que o sustento do Homem provém da lavoura. Lança a semente, cultiva-a, ela te saciará...

09.10.06

A nova leia das finanças locais

Rui Luzes Cabral

Andam para aí muitos aflitos. Os presidentes de Câmara, de Junta, os partidos da oposição e o Sr. Alberto João Jardim. A Associação Nacional de Municípios Portugueses até já ameaçou o Governo, dizendo que alguns serviços poderiam sofrer com isso, nomeadamente os relacionados com forças de segurança e serviços escolares. É espantoso não se terem lembrado de algumas empresas municipais criadas para abrir vagas para meia-dúzia de gestores “amigos” ou dos assessores e vice-assessores dos Srs. Presidentes, dos Srs. Vereadores e por aí adiante. E os carros com motoristas em muitos serviços completamente desproporcionados ou as festas e festinhas onde são gastos milhares de euros, assim como os custos da publicidade para propagandearem as obras feitas e as que estão a ser realizadas. Nada disto foi lembrado. Também não se lembraram da aberração de alguns subsídios a clubes de futebol e a associações que nada ou pouco fazem. Não se lembraram das ligações ruinosas que muitos municípios mantêm com os “barões” da construção civil. Quanto a Oliveira de Azeméis, espero não ouvir uma palavra de desconforto por esta nova lei, por duas razões. Uma é que ao que tudo indica ela até nos favorece, a outra é que quem corta em 42,50 % nas transferências para as Juntas de Freguesia em 2005 não tem autoridade moral para reclamar junto do Governo. E esta mensagem é válida tanto para o nosso executivo camarário como para os seus mais fiéis seguidores, que ainda os há. Em Loureiro quando os Membros do PS na Assembleia de Freguesia, apresentaram em 27 Junho passado, uma Moção a protestar contra estes cortes de 42,50 % da Câmara para as Juntas de Freguesia do Concelho, o PSD votou contra. Agora o que dirá, o que fará. Se calhar por ser o PS a exercer os cortes já mudaram de opinião. A ver vamos…

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Loureiro

Oliveira de Azeméis

Religião

Política

Europa

História & Património

Música

Diversos

Meteorologia

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D