Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dois Sacerdotes que tentam imitar Jesus Cristo

por Rui Luzes Cabral, em 18.07.06

 Padre António Couto (Esq.) e Padre António Tavares da Silva (Direita)

 

No passado domingo à tarde, dia 9 de Julho, na Igreja Matriz de Loureiro, o Padre António Tavares da Silva festejou as suas Bodas de Ouro Sacerdotais. Uma Celebração Eucarística muito rica que contou com a presença de mais de duas dezenas de padres, alguns seus colegas na Sociedade Missionária da Boa Nova como é caso do seu Superior-Geral, Padre António Couto e outros de paróquias Oliveirenses. Estiveram também presentes familiares, amigos e representantes das entidades oficiais.

Uma Vida de Missionário recheada, primeiro em Moçambique e agora no Brasil onde está há mais de 25 anos e para onde tenciona voltar. Para mais informações sobre esta comemoração consultar em

http://www.correiodeazemeis.pt/?op=artigo&sec=45c48cce2e2d7fbdea1afc51c7c6ad26&subsec=&id=31ab328e47c4ea3fe3015eb7eaa59af9

 

 

 

Também há pouco tempo (1 de Julho) mas na Vila de Avanca, o Padre António Valente de Matos, fundador do Movimento dos Convívio Fraternos e ainda seu director, comemorou também as suas Bodas de Ouro Sacerdotais. Foram centenas, os jovens Loureirenses que desde a década de sessenta foram participando nestes retiros espirituais que presentemente se realizam em todas as Dioceses Portuguesas e também noutros países, como é o caso de França, Moçambique, Brasil, etc. ... Há cerca de dez anos fundou também uma instituição para tratamento de toxicodependentes ligada ao movimento, transformando assim a sua vida numa constante entrega aos outros que merece aqui ser assinalada.

 

Padre António Valente de Matos

 

Um bem-haja e parabéns a estes dois seguidores de Cristo…

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:23


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.