Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lavoura

Este blog é um espaço de debate e partilha de opiniões. Não te esqueças que o sustento do Homem provém da lavoura. Lança a semente, cultiva-a, ela te saciará...

lavoura

Este blog é um espaço de debate e partilha de opiniões. Não te esqueças que o sustento do Homem provém da lavoura. Lança a semente, cultiva-a, ela te saciará...

Feliz Ano de 2007

O Lavoura deseja a todos vós, um ano de 2007 com paz e com muita saúde. Um ano em que o “outro” tenha mais importância na nossa vida, um ano em que se respeite mais a Natureza que nos sustenta a todos e um ano em que se dê mais prioridade ao diálogo na resolução dos conflitos mundiais que nos atormentam.

 

Façamos a nossa parte. O Mundo agradece…

 

Feliz 2007

Um Feliz e Santo NATAL

Fotos Presépio ao Vivo do TAL - Teatro Amador de Loureiro em S. João da Madeira - Natal 2006

 

“Um Anjo do Senhor apareceu-lhes, e a glória do Senhor refulgiu em volta deles; e tiveram muito medo. O Anjo disse-lhes: “Não temais, pois anuncio-vos uma grande alegria, que será para todo o povo: Hoje na cidade de David, nasceu-vos um Salvador, que é o Messias Senhor. Isto vos servirá de sinal: encontrareis um menino envolto em panos e deitado numa manjedoura.” Lc 2, 9-12

 

●●●●●●●●

 

LEITURA I – Miq 5,1-4a

Leitura da Profecia de Miqueias

Eis o que diz o Senhor:
«De ti, Belém-Efratá,
pequena entre as cidades de Judá,
de ti sairá aquele que há-de reinar sobre Israel.
As suas origens remontam aos tempos de outrora,
aos dias mais antigos.
Por isso Deus os abandonará
até à altura em que der à luz
aquela que há-de ser mãe.
Então voltará para os filhos de Israel
o resto dos seus irmãos.
Ele se levantará para apascentar o seu rebanho
pelo poder do Senhor,
pelo nome glorioso do Senhor, seu Deus.
Viver-se-á em segurança,
porque ele será exaltado até aos confins da terra.
Ele será a paz».

 

●●●●●●●●

 

Votos de um Feliz e Santo Natal para todos vós. Um Natal verdadeiro que não se resuma só às compras e às festas mas também à percepção de que o Mundo está carente de mais solidariedade, mais justiça entre os povos, mais preocupação com a Natureza, mais respeito pelo outro enquanto individuo e não como mais uma peça da "máquina global".

 

Enfim, um Natal em que o "Nascimento" seja realmente para dar vida a algo melhor.

 

BOAS FESTAS e BOM ANO DE 2007.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas que grande descaramento

 

Ontem tirei esta foto no Marco de Canavezes em frente à residência de Avelino Ferreira Torres. Este e outros cartazes estão espalhados pela cidade e eu estou a partilha-lha convosco pois fiquei estupefacto com tal descaramento. Um partido (CDS-PP) e um presidente que governaram durante anos e anos e deixaram um dos maiores “buracos” financeiros do país e muitos processos judiciais por esclarecer vêm agora colocar cartazes destes. Se não é loucura e irresponsabilidade só pode ser mau feitio e estupidez…

 

 

Frases de Fim-de-Semana

Das minhas leituras do fim-de-semana passado, aqui apresento duas citações, ambas referidas no jornal “Público”. Uma de Winston Churchill, antigo Primeiro-Ministro Inglês, retirada da Revista Xis (Sábado), a outra do artigo de Frei Bento Domingues, O.P. (Domingo).

 

Do primeiro realço a frase: “Sou um optimista. Não me parece de grande utilidade ser outra coisa qualquer.”

 

Do Segundo “O Advento é destinado a dar asas e pés aos sonhos de paz. É o tempo para preparar a encarnação do que parece impossível. Será pedir demasiado ao nosso tempo a globalização do desenvolvimento cientifico e tecnológico ao serviço de uma terra limpa, sem armas, sem dominadores e sem dominados? Seria o Advento para este Advento.”

 

Não sei, mas parece que estas duas frases, apesar de diferentes, têm algo em comum…

 

Que pensais vós, meus ilustres amigos?

 

 

 

Carroça Vazia

Certa manhã, o meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer. Ele deteve-se numa clareira e depois de um pequeno silêncio perguntou-me:

- Além do cantar dos pássaros, estás a ouvir mais alguma coisa?

Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:

- Estou a ouvir o barulho de uma carroça.

- Isso mesmo, disse o meu pai, é uma carroça vazia.

Perguntei ao meu pai:

- Como é que sabes que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?

Ora, respondeu o meu pai. É muito fácil saber se uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que faz.

 

Tornei-me adulto e, até hoje, quando vejo uma pessoa a falar muito, a gritar (no sentido de intimidar), a tratar o próximo de forma rude e inoportuna, prepotente, interrompendo a conversa de toda a gente e, querendo demonstrar que é dona da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai a dizer: “Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz…”

Pensem nisto…

 

Nota: Texto e imagem recebidos por email. Autor: anónimo