Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lavoura

Este blog é um espaço de debate e partilha de opiniões. Não te esqueças que o sustento do Homem provém da lavoura. Lança a semente, cultiva-a, ela te saciará...

lavoura

Este blog é um espaço de debate e partilha de opiniões. Não te esqueças que o sustento do Homem provém da lavoura. Lança a semente, cultiva-a, ela te saciará...

"A única certeza"

"Quando a ameaça da morte nos bate à porta, desmorona-se o mundo da aparência em que vivemos.

A morte é a nossa maior certeza. Podemos não saber mais nada sobre o que a vida nos dá, mas uma coisa é certa: todos havemos de morrer.

Ora, um dos sintomas da secularização em que estamos mergulhados é o de que não gostamos de falar nisso. Tentamos evitar o assunto, distraindo-nos para não pensar… Há cada vez mais plásticas, para disfarçar a idade, mais obsessão com a forma física e com as dietas. Só que nem sempre a realidade colabora e, quando a ameaça da morte nos bate à porta, desmorona se o mundo da aparência em que vivemos.

Os mais velhos e os doentes tornam-se um tropeço e a eutanásia surge como um antídoto simpático, um avanço de civilização. Há vários filmes – um deles com Óscares – que a defendem e há pressões para a sua legalização, como já aconteceu na Holanda, na Bélgica e no Estado norte-americano do Oregon.

Nestes dias, a Santa Sé organiza um
congresso para responder a estas pressões políticas e mediáticas. O objectivo é que a morte não seja encarada como um estorvo, mas como o momento mais decisivo daqueles que passam por ela ou dos que estão á cabeceira de quem morre."

Aura Miguel

Opinião RR - 22-02-2008 9:24

O mal não é local, é global

Os portugueses sabem que a corrupção e a evasão fiscal não acontecem só por cá, mas com grande frequência estão sempre a auto-denegrirem-se em relação aos outros, parecendo que só por aqui é que vai tudo mal. Este é um problema mundial que deve ser cada vez mais combatido e os infractores punidos. Fugir às nossas responsabilidades sociais significa prejudicar todo o colectivo. Uma notícia do diário francês La-Croix, de 27 de Fevereiro dá conta de vários casos em diversos países. Infelizmente.

O mal dos outros não deve tornar estes casos em banalidades e não vale a pena emigrarmos para fugirmos a este flagelo. O mal não é local, é global. E a consciencialização do problema e o seu combate devem por isso ser globais.

Esperteza saloia

Numa dada noite, três estudantes universitários beberam até altas horas e não estudaram para o teste do dia seguinte.

Na manhã seguinte, eles desenharam um plano para se safarem. Sujaram-se da pior maneira possível, com cinza, areia e lixo e foram ter com o director da cadeira e disseram que tinham ido a um casamento na noite anterior e no seu regresso um pneu do carro que conduziam rebentou. E eles tiveram que empurrar o carro todo caminho e portanto não estavam em condições de fazer aquele teste.

O director que, era uma pessoa justa, disse que eles fariam um teste de substituição em três dias, e que para esse não havia desculpas. Eles afirmaram que isso não seria problema e que estariam preparados.

No terceiro dia eles apresentaram-se para o teste. O director disse que aquele era um teste sob condições especiais  e que os três teriam que o fazer em salas diferentes. Os três, dado que tinham estudado bem para o teste e achavam-se preparados, concordaram com o director.

O teste tinha 6 perguntas com um total de 20 valores.

1 - Escreva o seu nome ( 0.5 valores)

2 - Escreva o nome da noiva e do noivo do casamento a que foste há quatro dias atrás (5 valores)
3 - Que tipo de carro conduziam cujo pneu rebentou. (5 valores)
4 - Qual das 4 rodas rebentou. (5 valores)
5 - Qual era a marca da roda que rebentou. (2 valores)
6 - Quem ia a conduzir? (2.5 valores)

Moral da historia: estão tramados!

 

Recebida por email

O nosso cérebro…

De aorcdo com uma peqsiusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra em qaul odrem as Lteras de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia Lteras etejasm no lgaur crteo. O rseto pdoe ser uma bçguana ttaol, que vcoê anida pdoe ler sem pobrlmea. Itso é poqrue nós não lmeos cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo.

Sohw de bloa.
Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua  mente leia correctamente o que está escrito.

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

Recebida por email

Um leão fantástico

A história é a seguinte:
Uma senhora encontrou um leão ainda bebé, na Colômbia. O felino estava mal alimentado e quase morto. A senhora tratou dele e ele cresceu...

Ela  visita-o todos os dias...

 

Recebida por email

Fica tudo em família

 

O general Raul Castro, de 76 anos, sucede ao seu irmão, Fidel Castro, na presidência de Cuba. Ainda dizem por aí que a família está em crise…

É bom ver as coisas pela positiva. É que quando chegam a estas idades, muitas vezes os irmãos chateiam-se com as “partilhas”. Estes partilham tudo com grande desprendimento e, sacrificam as suas vidas pessoais pelo bem do povo cubano. Será?

Bem, se calhar, antes um Raul do que um Bush. Um envia militares, outro, médicos. Mas o povo é quem mais ordena…

 

Pág. 1/3