Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lavoura

Este blog é um espaço de debate e partilha de opiniões. Não te esqueças que o sustento do Homem provém da lavoura. Lança a semente, cultiva-a, ela te saciará...

lavoura

Este blog é um espaço de debate e partilha de opiniões. Não te esqueças que o sustento do Homem provém da lavoura. Lança a semente, cultiva-a, ela te saciará...

Sócio pede nulidade das eleições da Cooperativa Eléctrica

Exmo. Sr. Presidente da Assembleia da Cooperativa Eléctrica de Loureiro CRLTendo em consideração que a última Assembleia foi realizada sem que houvesse algum controlo ou a possibilidade de controlar a qualidade dos participantes na mesma venho, por este meio, informar o meu propósito de denunciar a V.ª Ex.ª, desde logo, um vício de fundo, insanável, cuja consequência é a nulidade, logo a ilegalidade da Assembleia, pois é condição essencial controlar a qualidade dos participantes, os quais terão que ser obrigatoriamente cooperantes, o que não se verificou.Nesse sentido venho impugnar essa Assembleia, por ilegal, e solicitar, como é da sua competência, a convocação de nova Assembleia, cujo escrutínio e qualidade dos participantes preencha os requisitos mínimos legais, tendo sempre presente que é minha firme pretensão, garantir a transparência e o bom nome da nossa Cooperativa, transmitindo-lhe com tal atitude, a autoridade e reconhecimento que a mesma merece.Caso no prazo de oito dias não seja tomada decisão, de acordo com a gravidade do assunto, ver-me-ei forçado a recorrer nos termos da Lei, conforme prevê o n.º 8 do Art.º 42.º da Lei n.º 51/96 de 7 de Setembro, à via Judicial. Com os melhores cumprimentos.

Loureiro, 21 de Março de 2007
Davide Oliveira Cabral

Nota I: Carta acima transcrita, vinda a público pelo jornal "Correio de Azeméis" de 27 de Março

Nota II: Afinal parece que só estamos no intervalo do "jogo"...

 

TAL no Caracas

 

O Tal que estreou em Novembro passado o seu mais recente trabalho: “O Casal Aberto” da autoria do Nobel Italiano da Literatura Dário Fo e Franca Rame com encenação de José Moreira e interpretação de Evaristo Queirós, Karina Leite e José Barbosa vai agora pisar o palco do Cine-Teatro Caracas. É já no próximo Sábado, dia 31 pelas 21:30 horas. Compre já o seu bilhete mas tenha em atenção que este espectáculo é para maiores de 12 anos.

 

Este é um espectáculo intimista, com um texto actual e incisivo, direccionado para a sociedade moderna, em que o que conta poderá ser o efémero, que acaba contudo, por destruir famílias e pessoas.

“O Casal Aberto” como o próprio nome indica, está disponível ou vê-se na necessidade de extravasar os limites aceitáveis da sã convivência marital e mergulha na mais psicótica transformação da mentalidade de uma mulher e de um homem. Entra nesta trama a mentira, o arrependimento, a dúvida e no limite, a tentativa para voltar a tornar o casal fechado. Mas há coisas que de tão tarde acontecerem já pouca luz lhes restam e a penumbra é a consequência. Um homem que “empurra” na teoria a sua mulher para a libertinagem conjugal para justificar a sua, encontra-se a dada altura confrontado com a própria armadilha da sua atitude e perde-se lentamente…

De salientar nesta peça a comicidade, tornando a encenação fluida e apelativa para o espectador, soltando-se no riso de quem assiste, a reflexão caricaturada e muitas vezes ridícula da nossa sociedade, nos seus casos mais polémicos ou transgressores.

 

Cooperativa Eléctrica de Loureiro, C.R.L.

No Próximo Domingo, 18 de Março, pelas 10 horas da manhã, realizar-se-á uma Assembleia-Geral da Cooperativa Eléctrica de Loureiro com a seguinte ordem de trabalhos:

 

1 – Apreciação e aprovação das contas de Gerência de 2006.

 

2 – Eleição dos Corpos Gerentes para o biénio de 2007/2008.

 

3 – Trinta minutos para discutir assuntos de interesse para a Cooperativa.

 

Em relação ao ponto dois, estão a concorrer duas listas, facto que já não acontecia há sensivelmente duas décadas. Sé é cooperante, exerça nesse dia o seu direito de voto, escolhendo a lista e o projecto que considerar melhor para a instituição. Consulte as listas abaixo.

.

LISTA A

 

 

ASSEMBLEIA-GERAL

 

Presidente – José Queirós Tavares

Vice-Presidente – Óscar Castro

Secretário – José Albuquerque

 

DIRECÇÃO

 

Presidente – Nelson Pereira

Vice-Presidente – António Castro

Tesoureiro – António Castro Gonçalves

Secretário – Sérgio Pinho

Vogal – José Luís Castro

Vogal – Gabriel Silva Pereira

Vogal – Paulo Henriques Tavares

Suplente – António Castro Martins

Suplente – Armando Castro

 

CONSELHO FISCAL

 

Presidente – António Teorgas Tavares

Secretário – Adérito Castro Neves

Vogal – Armando de Oliveira Castro

.

LISTA B

 

 

ASSEMBLEIA-GERAL

 

Presidente - António Isidro Figueiredo

Vice-Presidente - Manuel Azevedo

Secretário - Rui Cabral

 

DIRECÇÃO

 

Presidente - João Paulo Bispo

Vice-Presidente - Albino Maçada Soares

Tesoureiro - José Queirós

Secretário - Evaristo Queirós

Vogal - Arménio Almeida

Vogal - Ismael Tavares Fernandes

Vogal - Augusto Almeida

Suplente - Joaquim Santos

Suplente - João Paulo Almeida

Suplente - António Cravo

Suplente – Carlos Valente

Suplente – José Davide Oliveira

 

CONSELHO FISCAL

 

Presidente - Tiago Pereira Jorge

Secretário - Fernando Costa e Silva

Vogal - Tiago Relvas de Jesus

 

Água e Saneamento em OAZ

De acordo com a página na internet da concelhia do Partido Socialista de Oliveira de Azeméis "O Instituto Nacional de Estatística, no seu Anuário de 2005, classifica o nosso concelho em 301º lugar entre 308 Municípios no que concerne ao Abastecimento de Água ao Domicílio ". Os Socialistas referem por isso que este é "o resultado da gestão PSD, no que ao nosso concelho diz respeito, colocando-nos nos dez piores concelhos em termos de abastecimento de água com apenas 53% quando a média do país é de 92,4%. Em termos de saneamento, a média nacional é de 74,6% enquanto Oliveira de Azeméis apenas tem cobertura de 45%."

Para consultar as respectivas tabelas clique em água ou saneamento