Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

lavoura

Este blog é um espaço de debate e partilha de opiniões. Não te esqueças que o sustento do Homem provém da lavoura. Lança a semente, cultiva-a, ela te saciará...

lavoura

Este blog é um espaço de debate e partilha de opiniões. Não te esqueças que o sustento do Homem provém da lavoura. Lança a semente, cultiva-a, ela te saciará...

Sanguessugas…

 

Há 30 anos comprávamos tudo em lojas próximas de nós ou no comércio, agora dito de tradicional, visto que centros comerciais e grandes superfícies eram de uma outra realidade. Os grandes grupos económicos imitando o que se fazia em alguns países, começaram a explorar este novo filão e lá se abriu o primeiro hiper-mercado em Matosinhos, pertencente a um grande grupo económico da actualidade. Nessa altura quem tinha mais dinheiro investiu e começou a espalhar a novidade, tendo surgido várias marcas, primeiro em grandes cidades, depois por todo o lado.

 

Arruinaram o comércio, agora sim, tradicional, sem dó nem piedade. “Ajoelham” fornecedores aos seus caprichos de gestão, devido à quantidade vendida e, como se não bastasse, descuram o emprego estável e, com direitos, aos seus trabalhadores.

 

Agora que, talvez, descem as vendas, fundem-se, reorganizam-se e pensam já na conquista do micro-mercado ou mercado de proximidade. Falam já em “inundar” o país com pequenas mercearias para sugarem o que resta e acabar de vez com os pequenos comerciantes.

 

Não é esta organização de sociedade que mais me atrai, não julgo ser este o caminho mais sustentável para que as pessoas vivam de forma harmoniosa, mas enfim, na sociedade, como na natureza há sempre sanguessugas à espreita. Será este o preço da “biodiversidade” humana ou haverá outro caminho?